Tenet – O esgotamento do tempo

“Muitas vezes considerado uma personalidade distinta e especial no deserto de ideias e talentos que é a Hollywood de hoje, Nolan juntou-se à mediocridade geral com seu filme atual.” A crítica de Miguel Forlin a Tenet (2020), de Christopher Nolan, para quem falta “a sensualidade formal dos surrealistas ou o estofo de um Tarkovsky para que a jornada por diferentes tempos se sustente para além do sentido, além da razão investigativa.”

Read more

Os melhores filmes de 2017: uma seleção pessoal de nossos críticos

Os críticos de cinema do Estado da Arte apresentam suas escolhas bem pessoais para os melhores filmes de 2017.

Read more