Uma visão liberal sobre o processo seletivo da Magalu

“Assim como o amor pela autonomia individual nos leva a lutar para limitar as injustiças do Estado que atacam as nossas liberdades, este mesmo amor precisa nos fazer lutar contra as barreiras sócio-raciais injustas que perduram no nosso país”, afirma Mano Ferreira — em uma defesa liberal de um processo que busque responder aos movimentos por inclusão e diversidade.

Read more