A mente escavada

A incumbência arqueológica de reconstituir o passado e os debates sobre seus métodos podem nos educar sobre o vício do “presenteísmo”—ou são mais um traço da disputa de narrativas nas ciências sociais? Por Rafael Baliardo, a tensão metodológica entre o trabalho de arqueólogos e psicólogos evolucionistas.

Read more

Ciência e irracionalidade

“O papel da irracionalidade, lembremos, a verdadeira inimiga da ciência, não é apenas negar as medidas protetivas e as vacinas, mas um conjunto mais amplo de elementos básicos.” Por Claudemir Roque Tossato, professor de Filosofia da Ciência na Unifesp, um ensaio sobre ciência e irracionalidade; afinal, “no caso da pandemia da Covid-19, é fundamental saber se nossas crenças e atitudes carregam um grau satisfatório de racionalidade ou se acabaremos agindo mais por paixões e crenças sem respaldo racional”.

Read more

Por que um cético tomaria vacina

“Hume nos ensinou que a exigência de uma certeza absoluta para a ciência não é científica, mas metafísica. Portanto, dogmática. E essa exigência não altera o funcionamento prático da ciência. Essa é a razão pela qual a física de Newton prosperou e foi adotada independente da metafísica de Newton.” Para Érico Andrade, o verdadeiro dogmatismo é rejeitar “a forma mais racional de lidar com a pandemia que só está na iminência de acabar para quem nunca acreditou que ela sequer existisse”.

Read more

Por que você tem a obrigação de vacinar-se contra a Covid-19?

“É por considerar as pessoas impedidas de serem vacinadas que a obrigatoriedade moral da vacinação deve ser assimilada como responsabilidade individual, tendo como base o dever de não prejudicar cada um dos indivíduos formadores de uma comunidade ou sociedade.” Por Isabella Passos, um ensaio sobre como a vacinação pode ser, para além de paternalismos justificados ou autocuidado, uma obrigação moral.

Read more