A mente escavada

A incumbência arqueológica de reconstituir o passado e os debates sobre seus métodos podem nos educar sobre o vício do “presenteísmo”—ou são mais um traço da disputa de narrativas nas ciências sociais? Por Rafael Baliardo, a tensão metodológica entre o trabalho de arqueólogos e psicólogos evolucionistas.

Read more