A formação social brasileira e o peso do passado

No campo das esquerdas, alguns intelectuais, ao formularem suas leituras acerca da formação social brasileira, terminaram por produzir interpretações tautológicas e antihistoricistas que elegem a revolução como caminho único para a superação do passado. Por Marcus Vinicius de Oliveira, em parceria com o Horizontes Democráticos.

Read more

A História como Presente: Déspotas esclarecidos, troquemos o espelho!

Experimente trocar o espelho. Talvez enxerguemos que Bolsonaro deu face — de maneira caricatural, pois radicalizada e bufa — a uma longa trajetória que, na ânsia de contarmos uma história em detrimento de outra, tenhamos simplesmente esquecido que existia. A História como presente, e com nuances, por Vinícius Müller.

Read more

A História como presente: Entre duas espadas, entre abril e novembro

“Uma aliança entre o Congresso, os governadores e os militares dissidentes sob a liderança de Floriano foi o tripé sobre o qual se impediu o autogolpe de Deodoro e, por consequência, se garantiu a Constituição de 1891. Em um amplo exercício histórico, mas com pouco rigor metodológico, a oportunidade de uma nova aliança entre grupos análogos está dada no Brasil”. A História como presente, por Vinícius Müller.

Read more