Theodore Dalrymple no Café Filosófico CPFL

por Eduardo Wolf

Theodore Dalrymple é um nome cada vez mais conhecido dos brasileiros. No país para o lançamento do seu mais recente livro, A Faca Entrou (É Realizações Editora), Dalrymple participou do 31º Fórum da Liberdade, em Porto Alegre, organizado pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE), palestrou, concedeu entrevistas e encantou novamente todos que o conheceram.

Nome de pena do psiquiatra e ensaísta britânico Anthony Daniels, Dalrymple é dono de uma prosa acessível e elegante, sempre pronta a fazer ruir mitos e convicções do consenso progressista de nossos tempos. E não foi diferente nesta palestra em que tive o privilégio de dividir o palco com ele, no Café Filosófico da CPFL Energia, em Campinas. Falamos sobre o Estado de Bem-Estar Social, a agenda de justiça social que reivindica status de unanimidade e os problemas da responsabilidade individual nesse contexto.

Confira a íntegra da palestra e do debate abaixo.

Eduardo Wolf

Doutor em Filosofia pela USP, tendo sido pesquisador visitante na Universidade Ca’Foscari (Veneza, Itália), Eduardo Wolf é colaborador da revista Veja e editor da plataforma multimídia “O Estado da Arte” no jornal O Estado de S. Paulo. Editou, entre outros, os volumes Pensar a Filosofia e Pensar o Contemporâneo, lançados pela Arquipélago Editorial. Traduziu os ensaios de T. S. Eliot (Notas para uma Definição de Cultura e A Ideia de uma Sociedade Cristã e Outros Ensaios – É Realizações) e diversos títulos de filosofia (A Filosofia Antes de Sócrates, de Richard Mckirahan, A invenção da Filosofia, de Néstor-Cordero, entre outros). É assistente da curadoria do projeto Fronteiras do Pensamento.