Por que ler tragédia grega hoje?

“A tragédia nos vacina contra o artificialismo otimista de boa parte da filosofia”. Se essa forma de terapia trágica parece ser já um motivo suficiente para ler Sófocles, Ésquilo e Eurípides hoje, há ainda mais a ser dito. Um ensaio de Daniel Peixoto Murata sobre a tragédia grega — e sobre por que lê-la hoje.

Read more

Sándor Márai e o teatro vivo da ficção

Sándor Márai já teve nove dos seus títulos publicados no Brasil, o último, aliás, bem recente: “Jogo de Cena em Bolzano”. Sua relação com o teatro vai muito além das felizes encenações de seus romances.

Read more

Uma ode ao palhaço triste

‘Bingo’, ainda em cartaz nos cinemas nacionais, é uma ode ao palhaço triste, essa figura híbrida misto dos tipos do carnaval veneziano, das figuras mambembes do teatro francês e italiano, do bobo da corte medieval e da tradição circense.

Read more