Antimodernos: da contrarrevolução ao sublime

No segundo ensaio consagrado aos “antimodernos”, o crítico Fabrício Tavares de Moraes analisa os topoi definidores desses legítimos filhos da modernidade.

Read more

As liberdades modernas devem algo ao cristianismo?

Rodrigo de Lemos analisa como a moral sexual cristã se tornou, no ambiente plural das democracias liberais modernas, apenas uma entre tantas moralidades possíveis – e por que isso incomoda os cristãos conservadores.

Read more

A realidade na América segundo Tom Wolfe

Em ensaio para o Estado da Arte, o crítico Rodrigo de Lemos escreve sobre Tom Wolfe e o desejo de dar aos americanos uma literatura tipicamente americana.

Read more