Agostinho e o imago Dei no Ocidente

“Qual será o saldo civilizacional para uma sociedade que, cada vez mais, recusa suas origens, seus alicerces?” Em tempos de “uma disputa ideológica entre extremos que em nada representam nossos avanços nas concepções de igualdade e liberdade” — em tempos de barbárie das guerras culturais, de utopias modernas, de um pelagianismo de Estado que marca a intromissão de César na esfera que pertence a Deus —, cumpre revisitar o bispo de Hipona. Agostinho e o imago Dei no Ocidente, por Leandro Bachega.

Read more

Stanford Encyclopedia of Philosophy: Ludwig Wittgenstein

Orgulhosamente, trazemos hoje, no Estado da Arte, uma tradução do verbete que trata sobre o filósofo Ludwig Wittgenstein na Stanford Encyclopedia of Philosophy, escrito pelas professoras Anat Biltetzki e Anat Matar. Agradecemos profundamente aos editores da SEP — em especial, Edward N. Zalta — pela autorização. Ainda, com todo nosso respeito, todos nossos cumprimentos, agradecemos ao tradutor, Prof. Me. Gustavo Coelho, pela cuidadosa tradução, e ao Prof. Dr. Jônadas Techio, pela revisão e supervisão do processo.

Read more

Karl Jaspers: A questão da culpa

“Unidade por coerção de nada serve; ela se esvai como um clarão na catástrofe. Consenso através do diálogo e da compreensão leva à comunidade que se sustenta.”

Em uma parceria do Estado da Arte com a editora todavia, trazemos hoje a Introdução à série de palestras sobre a situação espiritual na Alemanha — uma introdução do filósofo Karl Jaspers à obra ‘A questão da culpa.’ Este livro fundamental é a maior prova de sua emblemática honestidade intelectual. Mais do que isso, é um livro que diz muito sobre o espírito de seu tempo — e nosso também.

Read more

Editora 34: O mundo crepuscular do Doutor Bomgard, por Efim Etkind

Reunindo nove narrativas ficcionais, ‘Anotações de um jovem médico’ traz alguns dos primeiros experimentos literários de Mikhail Bulgákov. Em nova tradução, de Érika Batista, a obra é um lançamento da Editora 34. Em parceria com o Estado da Arte, a 34 disponibiliza aos leitores um alentado ensaio de Efim Etkind, em que o famoso crítico e dissidente russo analisa as peculiaridades da prosa de Bulgákov e suas relações com o meio literário soviético.

Read more

A pandemia na obra literária e epistolar de Goethe

“Sucumbirá o império fáustico — magistral figuração da ‘velocífera’ sociedade industrial — às investidas dos elementos e a ameaças como a que desponta nas últimas palavras do colonizador? Ou seu legado está destinado a perdurar pelos séculos vindouros?” Para o Prof. Marcus Mazzari, “se o octogenário Goethe, concluindo a obra em que trabalhou ao longo de 60 anos, deixa essa questão em aberto, nela também se espelham hoje as incertezas de um mundo confrontado com ameaças como aquecimento global, mudanças climáticas, extinções de espécies ou irrupção de pandemias devastadoras.”

Read more

Mentalizações e interações sociais comunicativas: representacionais?

“Uma das perguntas fundamentais da filosofia da linguagem é a de se o significado de frases que comunicamos socialmente e que vêm acompanhadas por mentalizações — processos mentais conscientes de primeira pessoa acerca de seus próprios estados mentais — são espécies de representações, e, se forem, que tipo de representações são. Seria tarefa do filósofo da linguagem descobrir evidências empíricas para os fenômenos semânticos? Ou será sua tarefa explicar o fenômeno do significado de palavras e frases, em princípio inescrutável por mera observação, inferindo de outros fenômenos, esses, sim, observáveis?” Leia o ensaio da Prof. Sofia Stein sobre Mentalizações e interações sociais comunicativas.

Read more

O cinema de Joaquim Pedro – Parte 2 Macunaíma, que o Brasil engoliu

A primeira e, talvez, principal inventividade de Joaquim Pedro ao adaptar o livro, foi entender que o seu formato de rapsódia permitia-lhe desenvolver esquetes a partir de um tema central, com variações e abrindo a possibilidade narrativa de comentar de forma crítica o livro e a própria abordagem cinematográfica.

Read more